365 dias de sonho!

baloonAs festas de final de ano tem seus próprios cheiros, sabores, sentimentalismos e recordações…

Estava passeando pela Faria Lima e uma característica da época me pegou de surpresa, entorpecendo todos meus sentidos. Como um ano havia mudado tanta coisa na minha vida!

Desde maio de 2008 tive esperanças de melhorar como pessoa, como profissional, como companheira. Acumulava esperanças de um emprego melhor, de um futuro melhor, de um salário maior, de trazer minha filha para São Paulo.

Observando o enorme Papai Noel que fica na frente do Shopping Iguatemi, pensei nas coisas que havia conquistado e naquelas que ainda eram objetivos.

Foi como tirar um peso dos ombros me permitir refletir –  sozinha, sem nenhum conhecido por perto – chorando como uma criança que vê o sorvete inteirinho cair no chão. Para quem foi educada para acreditar que não era boa em nada, eu estava indo longe e bem! Eu tinha realizado meu sonho da época da faculdade, eu tinha conseguido um cargo melhor, um salário maior… e por que, diabos, eu não parava de chorar?

Porque antes a esperança era somente isso: esperar que as coisas acontecessem, esperar que tudo se resolvesse no seu tempo e aprender a conviver com os sonhos, com as desilusões, com as saudades, com as novidades, com mais saudades. E depois que a espera termina, a esperança fica tão próxima, tão palpável que dá medo de acreditar, dói sonhar com o futuro próximo. Pois o tombo pode ser maior!

E aí não existe preparação, costume, lágrimas que aguentem. Doía respirar o cheiro de esperança que o Natal traz, doía pensar nas luzes brancas que podem não iluminar os dias ali na frente, doía pensar que fevereiro logo chegaria. E pode ser, na verdade é, loucura, mas eu tenho certeza que aquele Papai Noel gigantesco olhou para mim e piscou aquela piscada de “estamos juntos, vai dar tudo certo!”. Abracei a perna dele e pedi um único presente, como se fosse uma criança de 3 anos.

Tomada por outro torpor, outras sensações, cheiros e sabores, lembrei porque o Natal sempre me deixa extrema e secretamente exultante de felicidade!

Anúncios

Um comentário sobre “365 dias de sonho!

  1. Lembrei do tal vigilantes da auto estima,joguei no google e fui ate lá. Sei lá se não soube mecher no site, mas tb não fiz muita força pra entender.Estou sem forças… Descobri você aqui. E ainda que pulando algumas linhas pela minha forte dor de cabeça, algumas coisas que você escreveu fez sentido pra mim.Sei lá se você escreve realmente sobre você ou se é alguma coisa pronta…sei lá…não importa.Tb não quero ofender você, eu só não parei para pensar…tô muito, muito confusa e meu coração estádoendo pra caramba. Mas esse post de final de ano fez sentido pra mim de alguma forma. Nesse exato momento me desespero porque pedi indicação de uma excelente psicióloga que não atende o telefone desde de tarde, não posso ligar pro meu marido…ele tem que trabalhar poxa e não pode parar pelas minhas dores, não posso ligar pro meu pai pq tb não acho justo assoberbá-lo mais com minhas dores….eles já não tem mais como me ajudar….e agora? o que eu faço? o que eu tô fazendo nesse momento? Só pra você entender, eu tenho 24anos e sou uma grande menina, uma grande mulher, mais dores me aflingem,minha cobrança é excessiva em cima de mim e sobretudo e mais que tudo vim escrever para você pq percebi o quanto você ama sua filha e não entendo pq minha mãe em alguns momentos mostra que me ama mais me faz sentir tão preterida….não deixa eu conversar e nem expor o que sinto…eu não sei mais o que faço….tá doendo tanto, e eu tô precisando de ajuda e não tô achando…esperar o telefone tocar de volta para eu correr para um psicólogo tá sendo angustiante…..e eu me sinto engessada….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s