A importância que tem os amigos

Eu não quero falar sobre o que não é amizade, tampouco fazer declarações de amor aos meus amigos. Quero falar de como é estranha essa ligação e de como são as situações em que a percebemos.
Testimoniais, palavras, cartas e blá-blá são lindos, mesmo. Mas nem sempre condizem com a realidade da amizade, pois elas – algumas vezes – não se transmitem em atos, no cotidiano.

Percebemos nossos amigos por similaridades, afinidades e combinações. Sabemos quem são quando você está bem no fundo do poço e esses anjos esquecem um pouco dos problemas deles, da vida deles, para ajudar aquele outro membro lá jogado. Temos certeza deles quando até você mesmo já desistiu de você e eles não. Eles se metem – de uma maneira boa – na sua vida, te dizem coisas duras até, sempre no intuito de você perceber seu valor, observar uma conduta inapropriada, corrigir seus defeitos para tornar-se lguém melhor.

SIMPLESMENTE PORQUE TE AMAM!
Mas não é só isso: vocês conseguem conversar sobre qualquer assunto, dos mais culturais aos mais bizarros, há piadas pessoais, zoações, brincadeiras… e ninguém sai magoado! As gargalhadas são altas e sinceras, aquelas de tirar o fôlego, a companhia é sempre uma prazer… até mesmo se for para ver Tv, ou fazer nada.

O silêncio não constrange e você pode ser a retardada que realmente é ao lado deles. Eles te dão asas para suas loucuras, mas lembram-se de pôr uma bola de ferro no seu pé.

São esses amigos que vão te socorrer mesmo, que se um namorado não for com sua cara será até um probleminha para eles, que não vão te deixar de lado por causa de boatos, que vão conversar ao invés de brigar e que vão querer te contar sempre as coisas boas e, sem pedir, saberemos quando cada um precisará de colo. Nos (re)conhecemos, existem laços.

Esses são amigos! Os demais, por mais que você adore, são colegas, conhecidos. Amigos são uma espécie de família, pessoas que amamos porque amamos, não porque somos família de sangue. As diferenças são respeitadas e os defeitos, muitas vezes apontados, aceitos!

Eles são poucos e raros, se você tiver apenas um, estará sempre muito bem acompanhada. Mesmo que não se vejam sempre, nem se falem sempre. O importante é saber que APESAR de tudo existe alguém que te ama.

E digo isso, pois mesmo sendo quem sou, e dos meus inúmeros defeitos, tenho um pouco mais de um desses na minha vida. E ontem mesmo estive com três deles. E sentar numa lanchonete até 2:30 da manhã para ser zoada, criticada , comemorar e dar muita risada, nunca tinha sido tão bom…

Ah, o milagre que são os amigos!

“Pode ser que um dia deixemos de nos falar.
Mas, enquanto houver amizade,
faremos as pazes de novo.
Pode ser que um dia o tempo passe.
Mas, se a amizade permanecer,
um do outro há de se lembrar.

 

Pode ser que um dia nos afastemos.
Mas, se formos amigos de verdade,
a amizade nos reaproximará.

Pode ser que um dia não mais existamos.
Mas, se ainda sobrar amizade,
nasceremos de novo, um para o outro.
Pode ser que um dia tudo acabe.

Mas, com a amizade
construiremos tudo novamente,
cada vez de forma diferente,
sendo único e inesquecível cada momento
que juntos viveremos e nos
lembraremos pra sempre.

Há duas formas para viver sua vida.
Uma é acreditar que não existe milagre.
A outra é acreditar, que todas as coisas são um milagre”

Einsten.

 

_texto de 26/06/2008_

 

 

Anúncios

Um comentário sobre “A importância que tem os amigos

  1. Engraçado que por alguns motivos me encaixo na sua descrição….

    E por tantos outros, não faço parte…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s